Sociedade 18 Dez 2012, 07:06h
Penas suspensas para agressores de inspectores da ASAE em bar de Marinhais

Imprimir ArtigoComentar ArtigoEnviar para um amigoAdicionar aos favoritos

Isabel Rosa, 37 anos, gerente do bar Bjecas, situado em Marinhais, e o seu companheiro Dinis Oliveira, 30 anos, que estavam acusados de agredirem quatro inspectores da ASAE, foram condenados na quinta-feira, 13 de Dezembro, pelo Tribunal Judicial de Benavente, a uma pena de prisão de quatro anos e três meses, suspensa na sua execução pelo mesmo período. Um terceiro funcionário, Ricardo Gomes, 30 anos, acabou condenado a uma pena de prisão de dois anos e quatro meses, suspensa também na sua execução. O colectivo de juízes deu como provado as agressões e injúrias de que os inspectores foram vítimas.

O caso remonta a 15 de Junho de 2010, quando pelas 17h00, quatro inspectores da ASAE se dirigiram ao Bjecas Bar para realizarem uma inspecção. No acórdão a que O MIRANTE teve acesso, o colectivo de juízes deu como provado que depois de se identificarem, Isabel Rosa dirigiu-se a um dos inspectores e disse “identifique-se seu merdas, seu porco”.

* Notícia desenvolvida na próxima edição impressa de O MIRANTE

Diga o que pensa sobre este Artigo. O seu comentário será enviado directamente para a redacção de O MIRANTE.

Notícias Relacionadas
Não existem notícias relacionadas
Comentários
 
Nome
 
Email
 
Autorizo a eventual publicação na edição em papel do Mirante.

 

Tem uma história para contar? Conhece alguém que seja alvo de qualquer tipo de discriminação? Contacte-nos.
Para anunciar contacte: dcomercial@omirante.pt

2008 © Jornal O MIRANTE, todos os direitos reservados | Termos de Utilização | Política de Privacidade | FAQ’S | Contactos | RSSRSS

Voltar ao topo